10 passos para sobreviver a uma separação

A separação é um processo doloroso até mesmo para quem tomou a decisão de separar-se.

Engana-se quem pensa que o sofrimento é somente de quem é deixado, pois são os inúmeros os motivos que fazem com que uma pessoa queira colocar um ponto final na relação e, não raro, a falta de amor não é um deles.

 Sobreviver a uma separação não precisa ser um processo longo e tormentoso.

Algumas coisas precisam ser evitadas para que se possa caminhar pela nova estrada e voltar a encontrar a felicidade.

 

Como sobreviver a uma separação

 

1 – Não fique remoendo dos erros

 

Errar é humano.

Todos erram o tempo todo e isso faz parte do dia a dia de qualquer ser humano.

Ficar remoendo os erros do passado e lamentar não fará com que o tempo volte.

Não fique pensando nos “e se” e imaginando que o rumo da relação poderia ter sido outro.

Os erros devem ser corrigidos à medida que surgem, e não depois do leite derramado.

Levante a cabeça e olhe para a frente, aprenda com os erros e elimine-os de sua vida futura.

 

2 – Não perca a autoestima

 

É comum as pessoas relaxarem na aparência e na vida após um término, culminando em uma baixa estima.

Para sobreviver a uma separação, mantenha a autoestima no topo.

Foi a relação que acabou e não sua vida.

Há muita coisa nesse mundo a ser vivida, muitos caminhos a serem percorridos, muita felicidade te aguardando.

 

3 – Converse com os filhos

 

Se da sua relação sobreveio filhos, converse abertamente com eles sobre o término, mas sem lançar uma carga de negatividade e acusações sobre o fim da relação, pois nada disso será positivo para sobreviver a uma separação.

Seus filhos têm o direito de serem esclarecidos sobre o que acontece, mas lembre-se que eles não têm a obrigação de carregar o peso dos erros cometidos pelos pais no relacionamento.

 

4 – Conte com a ajuda de amigos e familiares

 

Ninguém disse que você deve sobreviver a uma separação isolando-se do mundo até ser feliz novamente.

Os amigos e familiares são essenciais para ajudar nessa dolorosa transição.

Claro que você poderá (e deve) desabafar sobre o fim do relacionamento, mas não foque somente nisso.

Desabafe, mas procure conversar sobre sonhos, realizações, projetos.

Pensar positivo é fundamental, assim como estar na presença de pessoas que trazem alto astral e boa energia.

 

5 – Não procure o culpado

Esta questão tem muito a ver com o primeiro ponto que já descrevemos.

Todos cometem erros e não existe um culpado. Ficar procurando culpa é uma caça às bruxas que irá consumir sua energia, e sobreviver a uma separação será um processo bem tormentoso.

Pense nas suas razões ou tente compreender as razões do outro, mas não como um modo de culpar ou se torturar.

Compreender os motivos do fim é um meio de melhorar a si mesmo para uma nova relação.

 

6 – Tirar um tempo para si mesmo

 

O processo de sobrevivência a uma separação envolve até mesmo um tempo para si mesmo para se autoconhecer.

Temos a tendência de entrar em uma zona de conforto dentro de uma relação e perder a essência, o romantismo tão essencial para manter a chama acesa. Um tempo sozinho para se autoconhecer e renovar-se é essencial.

Após esse período é que se deve pensar em um novo relacionamento, para que este não se torne apenas um “tampa buraco” tóxico.

 

7 – Terapia

 

Não é nada de mais fazer terapia após o fim de um relacionamento como meio de sobreviver a uma separação.

Afinal de contas, você se dedicou a uma vida a dois, criou expectativas e tentou realizar sonhos dentro da relação.

É normal sofrer um baque e necessitar de ajuda profissional para reerguer.

Sentindo necessidade, procure um psicólogo.

Com certeza essa ajuda será de muita valia.

 

8 – Viaje

 

Sim, viajar é uma ótima maneira de sobreviver a uma separação.

Conhecer novos lugares e novas pessoas, fazer amigos de lugares diferentes, conhecer uma nova cultura, faz com que você volte renovado e mais positivo.

A rotina faz com que perca a capacidade de enxergar as coisas bonitas da vida e uma viagem ajuda a renovar esse olhar.

 

9 – Sem medo da solidão

 

O medo da solidão é algo natural quando de uma separação, pois estamos acostumados a uma vida a dois.

Não se apegue a este medo, pois ele só irá dificultar a sua transição.

Veja o término como uma nova etapa de vida com um mundo à frente para ser explorado e comece a desbravar esse novo horizonte.

 

10 – Não acumule ressentimento

 

Renovar-se também significa se livrar dos ressentimento do antigo relacionamento.

Deixe de lado os erros da relação passada e faça o melhor por você para quando iniciar um novo relacionamento entrar como uma pessoa melhor.

O ressentimento fará com que fique preso à relação antiga, sendo isso muito prejudicial para a nova relação que iniciar.

São diversos os pequenos aspectos que serão essenciais para sobreviver a uma separação.

Procure viver o seu melhor, o seu tempo e o seu limite.

 

Fonte: Site de Beleza e Moda

 

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixar seu comentário

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location

Mais Lidos