×

Aviso

There is no category chosen or category doesn't contain any items

Harmonização facial: o que é, como é feita, riscos e mais.

O procedimento de harmonização tem se tornado cada vez mais comum, principalmente entre os famosos. O método promete estabelecer uma relação de sincronia entre as partes do rosto. Entenda melhor o que é, quando é indicado, como é feito e contraindicações.

 

O que é harmonização facial?

A harmonização facial consiste em um conjunto de técnicas com o objetivo de fornecer uma estética mais agradável para a face incluindo os diferentes componentes, como nariz, maçãs do rosto, lábios, sorriso, olhos e outros. Portanto, quando se fala em um tratamento de harmonização facial não é possível determinar imediatamente quais técnicas serão adotadas, visto que consiste em uma indicação personalizada de acordo com as insatisfações do paciente e a recomendação médica.

A seguir saiba quando a harmonização facial é indicada e como é realizada essa intervenção estética.

Quando é indicada?

A harmonização facial é recomendada para pacientes, homens e mulheres, de diferentes faixas etárias, que estejam insatisfeitos com a estética facial, no entanto, não atribuindo a um único aspecto essa insatisfação.

Os procedimentos que fazem parte da harmonização facial são recomendados para corrigir diferentes aspectos da face, como:

Excesso de sulcos ou rugas

Bigode chinês

Problemas no sorriso ou dentição

Estética nasal desarmônica

Perda de volume facial

Lábios excessivamente finos

Portanto, a harmonização facial pode corrigir diversas insatisfações com a face e tem como objetivo que o resultado seja uma estética mais agradável e harmoniosa entre as diferentes estruturas do rosto, proporcionando não apenas uma mudança pontual.

Como é feita

Por envolver diferentes elementos da face, o primeiro passo da consiste em uma análise detalhada do rosto identificando os pontos de insatisfação e necessidade de intervenção.

Após a análise, o cirurgião plástico terá definido quais técnicas serão usadas no caso. Alguns procedimentos comuns incluem:

Botox

A aplicação de toxina botulínica provoca uma paralisia muscular com o objetivo de reduzir as linhas de expressão da face e diminuir as rugas.

Preenchimento facial

Procedimento no qual é aplicado ácido hialurônico na camada subcutânea com o objetivo de hidratar e devolver o volume à face, corrigindo sulcos como o bigode chinês.

Rinomodelação

Consiste no uso de substâncias preenchedoras, como o ácido hialurônico, para remodelar a estética nasal quando mudanças pontuais são suficientes.

Bioestimulação de colágeno

Consiste no uso conjunto de substâncias para melhorar aspectos relacionados ao envelhecimento, melhorando a flacidez e repondo o colágeno da face.

Clareamento dental

A harmonização facial também inclui cuidados odontológicos, como uso de aparelho ou mesmo clareamento dental com o objetivo de proporcionar uma aparência mais jovem e bonita.

Contraindicações

A harmonização facial não é indicada em casos nos quais a insatisfação do paciente refira-se a uma estrutura específica da face, por exemplo, o nariz. Nesses casos, a recomendação de uma rinoplastia pode atender mais definitivamente às expectativas do paciente.

A técnica também não é recomendada quando o paciente não está com um quadro de saúde apropriado a intervenções, no entanto, diversas das técnicas usadas não são invasivas, garantindo mais possibilidades de serem realizadas.

A harmonização facial, portanto, ajuda a melhorar a estética facial como um todo, sendo um tratamento recomendado para diferentes condições nas quais o paciente não se encontra plenamente satisfeito com a própria aparência.

Fonte de texto: www.ativosaude.com

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigada pelas informações sobre harmonização facial!

There are no comments posted here yet

Deixar seu comentário

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location

Mais Lidos