Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), ficou-se determinado que franquias com  investimentos abaixo de R$ 90 mil são consideradas como microfranquias. Porém, não se iluda, o trabalho e o empenho não são menores do que tem qualquer empresário que almeja prosperar.

Quais são as vantagens de adquirir uma microfranquia? Como elas dependem de investimentos menores para serem abertas, adquirir uma microfranquia muitas vezes é a oportunidade que os pequenos empreendedores têm de começarem um negócio já formatado e com credibilidade no mercado. Nas franquias em geral o modelo de negócio já vem pronto, enxuto e o franqueado não precisa quebrar a cabeça para montar mil e umas estratégias de marketing, nem esperar anos para a consolidação da marca no mercado e nem para ganhar a confiança do consumidor.

Driblando a crise: Ideias para conseguir uma renda extra investindo pouco

 
Em tempos de crise, a palavra é INOVAÇÃO. E por que não aproveitar e descobrir novos ramos de atividades ou começar a monetizar o que até então era apenas um hobby?
O que não dá é para ficarmos parados, pois como já bem diz o ditado "Tempo é dinheiro!". Já pensou em explorar seus dotes culinários ou reunir os cachorros do bairro para um passeio coletivo? Te damos 10 soluções para uma renda extra sem precisar investir muito. Confira:

Por que a Coca-Cola é a marca mais consumida no mundo há mais de 1 década? O que leva o consumidor a consumir a Coca-Cola e não a Pepsi? O mesmo motivo que leva o consumidor a decidir entre você ou seus concorrentes! Como é o processo de decisão, que fatores impactam emocionalmente os consumidores, o que se passa dentro do cérebro deles e como podemos ativar essa decisão de compra? Essas e outras questões são abordadas pelo Neuromarketing. Com ele você aprenderá técnicas para posicionar sua marca de forma mais eficaz na mente dos seus consumidores. Hoje eu trago 3 dicas práticas para você começar a praticar agora mesmo e alavancar seus negócios e fortalecer a sua presença digital! Vem comigo!

Ter um bom currículo não basta para garantir àquela vaga tão desejada, cada vez mais os recrutadores e as empresas se capacitam para analisarem competências extra-curriculares e até mesmo traços da personalidade do futuro funcionário, através da Comunicação Não- Verbal. 

Mas calma! Isso não é motivo para entrar em desespero!

Hoje trazemos para você, algumas dicas básicas de linguagem corporal que irão te ajudar na hora da entrevista e também na convivência com os colegas no ambiente de trabalho. Caroline Ceniza-Levine, especialista em mudança de carreira e co-fundadora do SixFigureStart afirma, em artigo publicado na Forbes, que  o impacto da comunicação não-verbal é de 55% até 90% da mensagem que uma pessoa transmite. Ou seja, estamos comunicando, até quando não queremos comunicar.

Então, por que não usar de forma consciente e a nosso favor,  o poder da linguagem corporal?

Na PNL (Programação Neurolinguística), usamos um gráfico bem simples que nos ajuda a entender a dinâmica dos comportamentos que adotamos ao longo da vida, incluindo aqueles que já viraram hábitos automáticos e que nem percebemos mais quando executamos. 

Angela Ceresnie estava "muito confortável" sendo COO na Orchard Platform, a empresa de tecnologia financeira que ela co-fundou. Em 2016, assumiu o mesmo papel na Climb Credit, que oferece empréstimos estudantis para programas vocacionais e treinamento de carreira. (Neste ano, a empresa levantou US $ 50 milhões em dívidas da Goldman Sachs e, no mês passado, finalizou US $ 9,8 milhões em capital de risco da série A.) Em 2018, Ceresnie recebeu o cargo mais alto de Climb. Eventualmente, ela aprendeu a crescer. - Como disse Maria Aspan

Mais Lidos