Pare de ACREDITAR e comece a CONFIAR

Como temos lido até agora, ACREDITAR é o primeiro passo para mudanças efetivas começarem a acontecer. Mas o pensamento é só um pensamento, e intenção sem ação é ilusão. OK. Recapitulado até aqui.

Agora que você já passou a CRER no seu enorme potencial e crer que é absolutamente possível conseguir o que se quer, é hora de começar a CONFIAR.

Quando passamos a CONFIAR, deixa de ser uma questão de ACREDITAR.

“Eu não ACREDITO em Deus, eu CONFIO Nele” porque “Acreditar” põe em dúvida a veracidade do ato/fato. E a confiança é certeira, não deixa margens pra dúvidas.

Confiar é entregar-se. Totalmente! Confiar em si é não ter mais a menor dúvida de quem se é e de onde se pode chegar.

Essa entrega não ocorre da noite pro dia, requer tempo. E se dê esse tempo. Mas, se me permite uma “dica” para começar a acreditar em si mesmo é: Olhe para trás. Olhe aí no retrovisor da sua vida, sem reviver as situações, olhe de fora e veja por quanta coisa você já passou. Olhe seus tropeços também pois eles contém boas lições e olhe suas conquistas. Se dê o devido mérito sem medo de parecer arrogante ou vaidoso. Você está só com você mesmo, lembra?

Nós temos que nos valorizar e da forma correta. Identificar nossos pontos fracos mas, antes disso, frisar nossas maiores qualidades e principalmente aquela que mais destaca na sua personalidade. Você sabe qual é?

Porque um Beduíno insistia em vender tâmaras na Arábia antiga, se as tâmaras eram o comércio mais comum naquela região? Melhor investir em um artigo mais exótico e com venda nada popular, concorda? Seria exclusividade dele e assim ele venderia mais. Mas, só um mal vendedor teme o comércio. Àquele que confia em si não se preocupa exaustivamente com a colheita, pois sabe que se amanhã não houver tâmaras, haverá especiarias, se depois de amanhã as especiarias sumirem, ainda haverá a tapeçaria. E assim por diante. O Beduíno prefere vender tâmaras, todos os dias, do que uma iguaria rara 2 vezes por mês.

O Beduíno tinha sua clientela fiel. “Porque suas tâmaras eram melhores, de certo.”. Não. Porque ele sabia qual era a sua maior qualidade e a usava a seu favor, afinal, esta característica fazia dele único. Haviam milhares outros vendedores de tâmaras na penísula Arábica - que por sinal é a maior Península do planeta- mas não existia, nenhum outro vendedor de tâmaras, como ele.

E vou te dizer, pra você analisar mais uma vez, com calma, seus supostos “defeitos” e suas supostas “qualidades”, porque nem sempre o que a gente acha que é um defeito é realmente tão ruim quanto parece. Esse seu “defeito” pode ser exercitado, condicionado a seu favor e você pode transformá-lo em qualidade e quem sabe não é exatamente isso que te falta para você ser o melhor vendedor de tâmaras?

Confie no Universo. Só assim ele passa a confiar em nós, também. Livre-se dos seus medos, pois eles são, de fato, as únicas âncoras que te prendem ao chão, à essa realidade que você deseja mudar.

Confiança é uma das chaves -mestra da Lei da Atração!

Conteúdo extraído da apostila “Sinto, Logo Existo – O Poder do Sentir” por Bruna Stamato

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixar seu comentário

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location

Mais Lidos

Mobile Main Menu